---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

saude
Campanha 'Criança Não Namora'

Publicado em 24/05/2019 às 15:15 - Atualizado em 24/05/2019 às 17:32

Através do Programa Anita Feliz da Secretaria Municipal da Saúde de Anita Garibaldi, está sendo desenvolvida a Campanha "Criança Não Namora", a primeira ação do Anita Feliz, o qual conta com o apoio da Prefeitura, Ministério Público de Anita Garibaldi, Secretaria Municipais de Educação e de Assistência Social, Conselho Tutelar, CMDCA e Câmara de Vereadores.

A psicóloga da Secretaria Municipal de Saúde/NASF, Erislane Ribeiro da Luz, comenta sobre o que se trata a Campanha "Criança Não Namora", no artigo que segue:

A cena é corriqueira. Cedo ou tarde, os filhos voltam da escola anunciando um namorico com um coleguinha. A reação dos pais oscila entre o susto e a surpresa. Nunca passa em branco. E nem pode.

 A criança deve se relacionar com os amigos e entender que são simplesmente amigos. Amizade é o nome. Insistir em namoro na infância é adultizar as crianças e incentivar a erotização precoce. A indústria de brinquedos, roupas, jogos e cosméticos vem investindo cada vez mais na adultização de crianças, e não devemos fazer o mesmo. Não é engraçado incentivar beijinhos de namoro, carinhos com segundas intenções ou até mesmo declarações de amor entre crianças. Criança não namora.

É nosso papel separar o mundo adulto do mundo infantil.

A infância precisa de proteção e não de adultos que afastam a criança para aquilo que é próprio da idade dela.

Recomendações aos pais:

- É importante respeitar a inocência da criança, tudo tem o seu tempo;

- É importante que cada fase de seu ciclo de vida seja respeitada, dosando amor com limites;

- Evite incentivar a criança, mesmo que de forma involuntária, ao namoro;

- Reforce o sentimento de amizade e de respeito de seus filhos com os colegas;

- Tenham atenção com a transmissão de valores culturais, pois estes é que irão formar a ética e valores pessoais da criança, constituindo sua personalidade;

- Supervisione os sites acessados pela criança, seus conteúdos e jogos;

- Respeite a personalidade e individualidade de seu filho, pois brincadeira só é brincadeira quando os dois lados se divertem;

- Busque ajuda em caso de dúvidas, estamos à disposição.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar